Histórico

A elaboração do Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina (PPG-ICAL) deflagrou-se com a chegada à UNILA, em abril de 2011, dos professores visitantes integrantes do Programa Professor Visitante Sênior CAPES-UNILA. Começou então a constituir-se um grupo de professores da Instituição, sob a coordenação de dois professores sêniors e a colaboração de professores da UFPE e da UDELAR (Uruguai), com o objetivo de construir uma proposta de pós-graduação com concentração em integração latino-americana.

Desde o início, avaliava-se que a proposta deveria ter natureza interdisciplinar, já que o problema/tema da integração só pode ser compreendido em sua complexidade se, como diz a CAPES, em seu Plano Nacional de Pós-Graduação 2010, for analisado com base “na convergência de duas ou mais áreas do conhecimento, não pertencentes à mesma classe, que contribua para o avanço das fronteiras da ciência e tecnologia, transfira métodos de uma área para outra, gerando novos conhecimentos ou disciplinas e faça surgir um novo profissional com um perfil distinto dos existentes, com formação básica sólida e integradora” (p. 135).

O PPG-ICAL formou-se um grupo de cerca de 20 professores de distintas áreas do conhecimento – a saber: Geografia, Economia, Ciências Políticas, Sociologia, Relações Internacionais, História, Antropologia, Letras – que vinham pesquisando, de forma interdisciplinar, sobre a temática da integração latino-americana. Ao mesmo tempo, vinham participando do processo de criação tanto do Primeiro Ciclo de Ensino – que envolve a todos os cursos da UNILA e tem natureza interdisciplinar – quanto dos cursos de graduação nessas áreas. Assim, a proposta de pós-graduação do ICAL, construída de forma coletiva, tem como fundamento a pesquisa e o ensino de um grupo sólido de professores da UNILA. A estratégia adotada na construção da proposta consistiu em combinar o debate sobre qual deveria ser seu conteúdo com o fortalecimento da pesquisa por parte dos professores, os quais desenvolvem projetos de pesquisa e participam de grupos de pesquisa cadastrados no CNPq voltados para a temática latino-americana.

O ICAL se articula com diversos cursos de graduação já existentes na Instituição desde 2010 ou 2011: “Antropologia – Diversidade Cultural Latino-Americana”, “Ciência Política e Sociologia – Sociedade, Estado e Política na América Latina”, “Ciências Econômicas – Economia, Integração e Desenvolvimento”, “Geografia – Território e Sociedade na América Latina”, “História – América Latina”, “Letras – Artes e Mediação Cultural” e “Relações Internacionais e Integração”. Assim, apesar de lotado no Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política (ILAESP), recebe professores e contribuições de outros Institutos da UNILA – de acordo com a concepção interdisciplinar dessa proposta e da própria universidade. Seu projeto procura se adequar aos Projetos Pedagógicos dos cursos supracitados.

O PPG-ICAL foi recomendado com conceito 3 pela CAPES em março de 2014 e iniciou suas atividades recebendo a sua primeira turma em agosto de 2014.